Imagen Cabecera

Verificação Ambiental segundo o regulamento EMAS

A verificação Meio ambiente consiste na comprovação de que o Sistema de Gestão Ambiental da empresa cumpre com os requisitos incluídos no Regulamento 761/2001 (EMAS). A AENOR actua como verificador ambiental, e todos os países europeus, devidamente acreditada pela ENAC.

O Regulamento 1836/93 (EMAS) é um sistema de adesão voluntária de empresas, um esquema de eco-gestão e eco-auditoria a nível europeu, com o propósito de ser um estímulo para a produção, com mais respeito pelo meio ambiente, através do reconhecimento público concretizado por um registo público, propriedade da Comissão Europeia.

O actual regulamento EMAS (761/2001), que substitui e invalida o anterior regulamento 836/1993, permite a participação, com carácter voluntário, de organizações na avaliação e melhoria do seu comportamento ambiental e a difusão de informação e dados sobre a sua actividade ao público em geral e às partes interessadas. 

O regulamento EMAS é compatível com outras normas europeias e internacionais e, fundamentalmente com a norma ISO 14001, reproduzindo-se parte desta norma (requisitos) no actual regulamento.
Não obstante, a organização que pretenda a sua inclusão no Registo EMAS e possua já a certificação ISO 14001 do seu Sistema de Gestão Ambiental, deverá demonstrar ao Verificador Ambiental que cumpre com os requisitos estabelecidos no Regulamento não contemplados por esta norma (por exemplo a Declaração Meio Ambiental).

A AENOR, como verificador ambiental acreditado pela ENAC, pode validar as declarações meio ambientais das organizações que pretendam registar-se no sistema comunitário de gestão e auditoria meio ambientais (EMAS).

[+] Mais informação