Imagen Cabecera

Marca Q de Qualidade no sector do Turismo

Marca Q no turismo

Este esquema de certificação está suportado nas necessidades do sector turístico sobre o desenvolvimento ou modelos de gestão que permitam adequar os serviços oferecidos às expectativas da vontade e por sua vez garantir o nível de serviço estabelecido.

O Sistema de Qualidade Turística está orientado para facilitar às empresas do sector turístico em qualquer país do mundo, de uma ferramenta que lhes permita manter e melhorar a sua posição competitiva. Supõem basicamente o desenvolvimento de uma metodologia comum para todos os subsectores turísticos que estão implicados na melhoria da qualidade dos seus produtos e serviços.

O primeiro objectivo do sistema é dotar as empresas do sector turístico de um sistema de gestão e melhorar a qualidade de produtos e serviços, que lhes permita criar uma vantagem competitiva adequada aos novos desafios que o mercado lhes proporcione.

Sector turístico

O elemento mais visível de todo o sistema é a marca, cuja denominação genérica para o conjunto do Sector é a Qualidade Turística sob a qual se inclui o conjunto dos produtos turísticos que cumprem com os níveis de qualidade requeridos nas Normas de Qualidade de Serviços e que asseguram estar a trabalhar na melhoria contínua dos mesmos a fim de corresponder a todo o momento às exigências dos seus clientes.

O documento base da certificação da Marca Q da Qualidade Turística é, no caso dos hotéis, a norma UNE 182001 “Hotéis e apartamentos turísticos Requisitos para a prestação do serviço”. Esta é a norma base da certificação e contempla requisitos de gestão, de prestação de serviço e de elementos tangíveis que deve dispor um estabelecimento hoteleiro para poder ter acesso à Marca Q de hotéis e alojamentos turísticos.

Recentemente a AENOR desenvolveu as actividades de certificação, acompanhamento e renovação requeridas para a obtenção da Marca Q Qualidade Turística para os seguintes subsectores:

  • Hotéis e alojamentos turísticos.
  • Agências de viagens.
  • Termas
  • Restaurantes.
  • Praias.
  • Transporte em autocarro.

Para além destes sectores, a marca Q de Qualidade Turística pode-se aplicar noutros serviços turísticos como: campismo, casas rurais, agências, espaços naturais protegidos, estações de esqui, postos de informação turística, centros de congressos e alojamentos de tempo partilhado.